Nuno Canta e Catarina Marcelino visitaram Hospital do Montijo

No dia 16 de Fevereiro, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e a deputada Catarina Marcelino visitaram as instalações do Hospital do Montijo, que integra o Centro Hospitalar Barreiro-Montijo. O autarca e a deputada foram acompanhados pela vereadora do pelouro de saúde a ação social, Maria Clara Silva, e pelo presidente da Junta da União das Freguesias Montijo e Afonsoeiro, Fernando Caria.

VisitaHospital5

A visita solicitada por Catarina Marcelino, na sequência de uma pergunta dos Deputados Socialistas eleitos por Setúbal sobre “serviços de saúde no Concelho de Montijo”, teve como objetivo verificar in loco a situação da Urgência Básica que funciona naquele Hospital, confrontada, aliás, com graves dificuldades ao nível dos recursos humanos, e visitar a unidade de cirurgia do ambulatório e a enfermaria de retaguarda existente naquele Hospital.

Os autarcas e a deputada enalteceram o papel do serviço da Unidade Cirurgia Ambulatório (UCA), tendo o presidente da Câmara ficado de avaliar a possibilidade de realizar uma intervenção no parque de estacionamento do Hospital, fundamental para o acesso dos doentes utilizadores deste serviço ambulatório.

Contudo, não perderam a oportunidade de expor as suas preocupações sobre o serviço de urgência básica que se manteve operacional a quando da reforma das urgências levada a cabo em 2007, através de um protocolo assinado entre o Ministério da Saúde e a Câmara Municipal de Montijo, que assegurava uma resposta básica permanente 24 horas, mas que tinha toda uma equipa médica de retaguarda, atualmente inexistente neste Hospital.

Questionaram ainda o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar relativamente à possibilidade de disponibilizar o espaço físico desocupado existente no Hospital para que o Centro de Saúde de Montijo possa alargar as suas instalações e, assim, receber mais médicos de família de modo a responder às necessidades da população. Perante esta situação, a resposta do presidente do Conselho de Administração do Hospital foi de abertura, mas salientou as dificuldades inerentes ao facto das instalações se encontrarem em terreno da Misericórdia de Montijo.

 

Anúncios
por classmontijo