Eliminação da violência contra as mulheres uma prioridade

violenciamulheres

O Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, que se assinala a 25 de novembro, foi relembrado pela vereadora do pelouro da Ação Social da Câmara Municipal do Montijo, Maria Clara Silva, no decorrer do período antes da ordem de trabalhos da reunião de câmara de 26 de novembro.

Maria Clara Silva realizou uma intervenção onde classificou a violência contra as mulheres “uma pandemia” e assinalou que a “eliminação dos estereótipos de género deve ser uma prioridade na educação e na formação. Educar para a igualdade, pensar o ser humano na sua diversidade, apelar à consciencialização e à mudança é urgente face à frieza dos números”.

A frieza dos números revela, por exemplo, que em Junho de 2014, encontravam-se detidas, nos estabelecimentos prisionais portugueses, 479 pessoas pelo crime de violência doméstica. Este ano já morreram 32 mulheres vítimas de violência, sendo que nos últimos dez anos o número de vítimas ascende a 398 mortes.

Na sua intervenção, a vereadora Maria Clara Silva focou, também, o trabalho desenvolvido pela Câmara do Montijo na resposta a esta problemática, através de diversos projetos como a criação de uma Casa Abrigo para mulheres e crianças vítimas de violência doméstica, a criação da Rede de Apoio a Mulheres em situação de violência, a elaboração do Plano Municipal para a Igualdade de Género.

Outras iniciativas e ações da Câmara nesta área são as parcerias que possui com a Associação de Mulheres Contra a Violência e a Associação de Mulheres Juristas e o Gabinete de Informação Mulheres, espaço privilegiado de partilha e apoio a mulheres vítimas de violência que este ano já fez 112 atendimentos.

Anúncios
por classmontijo