Pontes de Afeto apresenta projeto de acolhimento familiar

A Associação Pontes de Afeto promoveu uma sessão pública de apresentação do seu projeto de acolhimento familiar, no passado dia 15 de julho, na sede da Junta de Freguesia da União das Freguesias do Montijo e Afonsoeiro. O evento contou com a presença do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta.

 O autarca afirmou que a câmara municipal conta com a Associação Pontes de Afeto para “alcançar um Montijo com mais justiça social. Queremos parcerias com estabilidade, rigor e transparência e estamos certos que esta é, também, a vossa ambição”. Aliás, Nuno Canta revelou que, na reunião de câmara agendada para o dia 19 de julho, será apresentada e discutida a cedência de um espaço no Centro Cívico do Esteval para a instalação da sede da Pontes de Afeto.

O presidente da câmara relembrou, ainda, o compromisso do município montijense com a solidariedade e com os mais desfavorecidos, afirmando que é preciso, cada vez mais, assegurar respostas qualificadas à comunidade, numa ótica de parceria entre o Estado, as autarquias e a instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

Sérgio Bernardo, presidente da direção da Pontes de Afeto, agradeceu o apoio prestado pela câmara e pela junta e apresentou a associação que tem como principal objetivo o apoio à infância e juventude, através da implementação de um projeto de acolhimento familiar para crianças e jovens em risco.

O projeto de acolhimento familiar pretende criar uma resposta social que, neste momento, é uma lacuna no distrito de Setúbal e que consiste na possibilidade das crianças e jovens em risco viverem num ambiente familiar que lhes proporcione o carinho, a atenção e os cuidados adequados às suas necessidades e bem-estar com vista ao seu desenvolvimento integral. É uma medida prevista na lei, de carácter temporário com o pressuposto da criança ou jovem regressar à sua família natural.

Numa primeira fase, o projeto de acolhimento familiar da Pontes de Afeto pretende abranger os concelhos de Montijo e da Moita para, posteriormente, alargar a sua intervenção ao concelho de Alcochete.

Com 112 associados, a Associação Pontes de Afeto foi fundada em 13 de junho de 2011. É reconhecida pela Segurança Social como IPSS, sem fins lucrativos, desde março de 2012. Desde 2016 que tem a sua sede social no Montijo e integra o Conselho Local de Ação Social do Montijo desde o passado dia 22 de junho. Para além do projeto de acolhimento familiar e outros na área social, tem promovido atividades culturais, recreativas, sociais e desportivas, nomeadamente o atletismo e o pedestrianismo.

Anúncios
por classmontijo

Saúde Sénior inaugura nova valência

No dia 3 de Junho foi inaugurada a Saúde Sénior, uma nova valência a Clínica Médica Cirúrgica e Dentária. O presidente da Câmara Municipal do Montijo e a vereadora Maria Clara Silva estiveram presentes no evento, promovido pela instituição.

 O presidente salientou a importância de mais investimento no concelho. “Esta nova valência engrandece o Montijo. É de enaltecer todos os investimentos na área da saúde, nomeadamente, na área da terceira idade.

“É preciso contribuir para que os mais velhos vivam com dignidade”, acrescentou o presidente, deixando uma palavra de estímulo a todos os que vão trabalhar na nova valência.

A nova clínica integra-se no Grupo Saúde Sénior do Montijo. Desta Unidade de Saúde faz parte a Residência Sénior, Centro de Dia e a Unidade de Longa Duração e Manutenção, da Rede Nacional de Cuidados Continuados.

A clínica conta com diversas especialidades médicas, programa de reabilitação personalizada, cuidados de enfermagem, análises clínicas, entre outros serviços.

por classmontijo

Cercima lança Cercima Sabores

Sal e azeite aromatizados, licores e compotas caseiras são a nova aposta da Cercima – Cooperativa de Educação do Cidadão Inadaptado do Montijo e Alcochete, que apresentou publicamente a marca Cercima Sabores, no dia 31 de maio, na Quinta do Saldanha.

 A apresentação da Cercima Sabores contou com a presença do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, que expressou votos de sucesso para este novo projeto e enalteceu o papel fundamental da Cercima na comunidade montijense, classificando-a como um “exemplo de uma instituição que está ao serviço das pessoas”.

A Cercima Sabores nasceu de uma experiência em 2016 com alguns utentes da Cercima. Em março de 2017, a associação registou a marca Cercima Sabores que, agora, está na rua, numa aposta clara na promoção da sustentabilidade e no envolvimento dos utentes da Cercima com a comunidade local.

Os produtos da Cercima Sabores, todos produzidos artesanalmente por pessoas com deficiência ou incapacidade, estão à venda nas instalações da Cercima e em algumas lojas do comércio local. A Cercima Sabores assume-se como “100 por cento solidária. Uma marca inspiradora que acredita na força e importância da igualdade de oportunidades”.

por classmontijo

Projetos de Envelhecimento Ativo comemoram final de ano

Os projetos de envelhecimento ativo levados a cabo pela Câmara Municipal do Montijo vão comemorar durante uma quinzena mais um final de ano cheio de sucessos.

 Assim, até 10 de Junho, vai estar patente a exposição “Pluralidades – Um olhar estranho” na Galeria Municipal do Montijo. Uma exposição alusiva aos trabalhos realizados pelos alunos das disciplinas de Pintura e Desenho e de Trabalhos Manuais da Universidade Sénior do Montijo.

A mostra inaugurada no dia 26 de Maio contou com a presença de Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, e de Fernando Caria, presidente da União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro.

No dia 5 de Junho terá lugar às 10h30 a inauguração da exposição “Artes decorativas”. Uma mostra de trabalhos dos alunos de artes decorativas, patente até 2 de julho. A inauguração, nos Paços do Concelho, irá contar com a atuação do Coro da Academia Sénior da Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia.

No mesmo dia, é inaugurada também a mostra de trabalhos dos alunos das disciplinas de fotografia e de azulejaria da Universidade Sénior, na Biblioteca Municipal, que contará com a atuação do Coro da Academia Sénior de Pegões e Canha. A exposição intitulada “Percursos” pode ser visitada até 20 de junho.

No dia 6 de Junho, a partir das 10h00, a Praça da República será palco de uma manhã desportiva protagonizada pelos alunos da Universidade Sénior, com Zumba e Ginástica Alternativa. A Academia Sénior de Pegões e Canha Saudável 65 também traz à Praça animação desportiva.

Às 15h30 terá lugar no auditório da antiga sede da Junta de Freguesia do Afonsoeiro a Festa de Final de Ano dos Ateliers Seniores do Montijo. A iniciativa contará com a participação do Grupo Coral e de Teatro dos Ateliers e do Coro Infantil Happy Kids da Escola de Música e de Dança de Pegões.

As comemorações continuam no dia 7 de Junho com artes na rua, a partir das 10h00, na Praça da República. Durante o dia, os alunos de Artes decorativas da Universidade Sénior dos Ateliers Seniores, da disciplina de trabalhos manuais “Artes da Dona Francisca” da Universidade Sénior e da Academia Sénior da Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia e de Desenho e Pintura da Universidade Sénior do Montijo vão estar na rua com demonstrações dos seus trabalhos ao vivo.

No dia 8 de Junho terá lugar às 15h00 o colóquio “A dança como fator de desenvolvimento pessoal” organizada pela Comissão Representativa de Alunos e Professores da Universidade Sénior.

A iniciativa terá como oradores Lara Nicolau (danças tradicionais), da Universidade Sénior do Montijo, Marta Fuste (hip hop) da United Dance Crew, da Escola Sinfonias e Eventos, Helena Lopes (samba) da Sambatijo – Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro.

Dia 9 de Junho terá lugar na Praça da República, às 16h00, um Desfile Académico intergeracional com queima das fitas da Universidade Sénior do Montijo, e a participação dos alunos da Escola Profissional.

De seguida, no Jardim da Casa Mora terá lugar o Arraial Académico, que contará com a atuação dos alunos de danças tradicionais e da tuna da Universidade Sénior do Montijo, do Grupo Coral dos Ateliers Seniores do Montijo. A tarde contará ainda com a entrega de Prémios: Jogos Florais e Concurso de Fotografia, uma organização da Universidade Sénior em parceria com a Comissão Representativa de Alunos e Professores.

Os alunos da disciplina de Teatro da Universidade Sénior do Montijo serão os protagonistas da peça de teatro “Uma família portuguesa”, que terá lugar no dia 14 de junho, às 21h30, no Cinema Teatro Joaquim d’Almeida.

A quinzena comemorativa do final de ano dos Projetos de Envelhecimento ativo tem o seu terminus no dia 16 de junho, pelas 22h00, na Sociedade Filarmónica 1.º de dezembro com o Baile de Finalistas da Universidade Sénior do Montijo, organizado pela Comissão Representativa de Alunos e Professores da Universidade Sénior.

por classmontijo

Equip@s de Bairro na Caneira

No âmbito da atividade “Equip@s de Bairro” do projeto kont@rte foram realizadas no Bairro da Caneira um conjunto de iniciativas de cooperação comunitária com o intuito de contribuir para a melhoria da imagem do bairro e do reforço da coesão social.

 Uma das iniciativas consistiu numa primeira fase, na sensibilização dos moradores do bairro, para o estado de degradação e vandalismo dos prédios de habitação social, onde foram realizados encontros de partilha e reflexão sobre as preocupações dos moradores do bairro, e o planeamento de ações futuras, que passaram pelos registos fotográficos e recolha de informação junto dos moradores sobre as suas necessidades ao nível da habitação e dos espaços comuns no bairro.

Na fase seguinte, já este ano, foi elaborada uma carta, assinada por todos e entregue ao Presidente da Câmara de Montijo no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho, com o contributo dos moradores do bairro, como forma de manifestar a vontade e o interesse da comunidade na resolução dos seus problemas, associados à degradação do espaço comum, falta de higiene e vandalismo no Bairro.

Por último, foi realizada uma intervenção de reabilitação de alguns prédios em situação de maior degradação, com a colaboração dos serviços competentes da Câmara Municipal de Montijo, e a sua monitorização por parte dos moradores como forma de assegurar a conservação e manutenção de um bairro com uma imagem renovada e cooperante.

O projeto KONT@RTE– E6G é promovido localmente pela Câmara Municipal do Montijo e gerido pela Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo, contando com a parceria formal do Agrupamento de Escolas de Montijo, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Montijo, do ACES Arco Ribeirinho, Florineve, da Polícia de Segurança Pública do Montijo e do Instituto Português do Desporto e da Juventude.

A principal finalidade do projecto é contribuir para o desenvolvimento, integração e autonomia das crianças e jovens do Bairro da Caneira, apostando no desenvolvimento de competências ao nível psicossocial e educacional.

O projeto KONT@RTE– E6G é promovido localmente pela Câmara Municipal do Montijo e gerido pela Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo, contando com a parceria formal do Agrupamento de Escolas de Montijo, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Montijo, do ACES Arco Ribeirinho, Florineve, da Polícia de Segurança Pública do Montijo e do Instituto Português do Desporto e da Juventude.

A principal finalidade do projecto é contribuir para o desenvolvimento, integração e autonomia das crianças e jovens do Bairro da Caneira, apostando no desenvolvimento de competências ao nível psicossocial e educacional.

por classmontijo

Zona Ribeirinha palco de afetos

Cerca de mil crianças participaram na iniciativa que decorreu na manhã de quinta-feira, dia 18 de Maio, uma caminhada sob o lema “Caminhar com cor, Caminhar com Amor” no âmbito do movimento Cidade dos Afetos na zona ribeirinha.

 “Caminhar com cor, Caminhar com Amor” tem continuidade de 22 a 25 de Maio com os Jardins de Infância. Segunda-feira (22 de Maio) os alunos do JI da Caneira caminham até à Universidade Sénior na Quanta do Saldanha. No dia seguinte é a vez dos alunos do JI da Liberdade caminharem até aos Paços do Concelho.

No dia 24 de Maio, a caminhada até à sede da União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro é realizada pelos alunos do JI Ary dos Santos. Para terminar, no dia 25, os alunos do JI Joaquim de Almeida caminham até à Galeria Municipal.

As caminhadas têm como objectivo fomentar o exercício físico, a partilha dos afetos e promover o contacto com diferentes respostas e serviços existentes na comunidade, como o convívio com os seniores e a partilha de saberes.

A iniciativa resulta de uma parceria entre o ACES – Agrupamento de Centros de Saúde do Arco Ribeirinho e a Câmara Municipal do Montijo e tem como público-alvo a comunidade educativa do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas do Montijo.

Recorde-se, que o presidente da câmara municipal do Montijo, Nuno Canta, subscreveu a Carta de Compromisso “Cidade dos Afetos”, assumindo publicamente o compromisso de desenvolver iniciativas que sensibilizem a comunidade para a relevância dos afetos no bem-estar e na saúde dos munícipes.

por classmontijo

Caminhar com Cor, Caminhar com Amor

À semelhança de anos anteriores terá lugar na próxima quinta-feira, dia 18 de Maio, uma caminhada sob o lema “Caminhar com cor, Caminhar com Amor” no âmbito do movimento Cidade dos Afetos com concentração às 10h00 na zona ribeirinha.

 A iniciativa resulta de uma parceria entre o ACES – Agrupamento de Centros de Saúde do Arco Ribeirinho e a Câmara Municipal do Montijo e tem como público-alvo a comunidade educativa do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas do Montijo.

Para as crianças e jovens, na Zona Ribeirinha será dinamizada uma aula de animação desportiva.

Recorde-se que o presidente da câmara municipal do Montijo, Nuno Canta, subscreveu a Carta de Compromisso “Cidade dos Afetos” assumindo publicamente o compromisso de desenvolver iniciativas que sensibilizem a comunidade para a relevância dos afetos no bem-estar e na saúde dos munícipes.

por classmontijo

Cercima inicia Campanha do Pirilampo Mágico

A Cercima – Cooperativa de Educação e Reabilitação do Cidadão Inadaptado de Montijo e Alcochete arrancou com a Campanha do Pirilampo Mágico 2017, no dia 4 de maio, no Parque Municipal do Montijo.

 A festa reuniu os utentes da Cercima, mas também os alunos da Casa da Criança, do Externato Espaço Verde, os alunos do pré-escolar e do 3.º ano da Escola Básica Ary dos Santos e, ainda, os alunos da Escola Básica da Caneira.

Uma manhã de solidariedade, desporto e muita animação que juntou mais de 350 crianças e jovens, numa aula de Zumba pelo professor João Vargas, do ginásio Evolution, e noutra aula de Yoga pela professora Marta Pinto, da Cercima.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, não faltou ao evento e deixou votos de parabéns à Cercima pelo trabalho realizado e pela “Campanha do Pirilampo Mágico, uma ação em Portugal e no Montijo de grande amplitude e cidadania”, afirmou.

Até 28 de maio, a Cercima está no terreno com a Campanha do Pirilampo Mágico. Para além da venda do pirilampo, existem Pirilampos gigantes (em formato vidrão) na Rotunda das Portas da Cidade, na Rotunda do Moinho de Vento e na Praça da República. No Fórum Montijo está outro pirilampo gigante à disposição de quem queira contribuir para a sua construção.

A juntar aos pirilampos, a Cercima promove, ainda, duas Caminhadas do Pirilampo Mágico: uma no dia 28 de maio, às 9h30, em Alcochete e a outra no dia 9 de junho, às 21h00, no Montijo.

por classmontijo

Fórum Abrigo debate o desafio de ser criança no século XXI

A Abrigo – Associação Portuguesa de Apoio à Criança realizou a quarta edição do Fórum Abrigo, no dia 4 de maio, no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, no Montijo. Este ano, em discussão esteve o tema “Século XXI – O desafio de ser criança”, com intervenções de Manuela Ramalho Eanes, presidente do Instituto de Apoio à Criança, de Luís Villas-Boas, diretor do Refúgio Aboim Ascensão, de Rosa Clemente, do Comité Português para a Unicef, de Javier Urra, professor catedrático de Psicologia da Universidade Complutense de Madrid, entre outros oradores.

 A sessão de abertura contou com as intervenções da secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, do presidente da Abrigo, Jacinto Pereira, e do procurador-geral adjunto da Comarca de Lisboa, José António Branco.

O presidente da Abrigo relembrou o trabalho que a associação tem vindo a desenvolver ao longo dos anos, afirmando que “pretendemos contribuir o mais possível para que os sonhos de muitas crianças se tornem realidade”. Jacinto Pereira deixou, ainda, palavras de agradecimento à Câmara Municipal do Montijo pelo apoio prestado à Abrigo e lançou um desafio ao presidente da câmara: “em parceria com a Abrigo, certificar a cidade do Montijo como Cidade Amiga das Crianças pela Unicef. Penso ser um desafio interessante, que permite valorizar a cidade e melhorar a relação das crianças com a cidade e a comunidade onde estão inseridas”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal do Montijo afirmou o orgulho que o Montijo tem em ser “um protagonista empenhado na promoção dos direitos das crianças. Este fórum constitui, portanto, uma oportunidade para reafirmar a nossa responsabilidade pela construção de uma cidadania digna das crianças, sem distinções e discriminações”.

Nuno Canta relembrou os progressos da sociedade portuguesa na área dos direitos e proteção da criança, mas, também, salientou alguns desafios que é preciso enfrentar, nomeadamente a pobreza infantil e a proteção das crianças refugiadas: “a proteção da criança é um imperativo ético de todos nós e o único caminho para construir uma sociedade mais justa e mais solidária”, disse.

A sessão de abertura foi finalizada pela intervenção da secretária de Estado da Justiça. Anabela Pedroso falou de uma justiça mais moderna e humanizada, que também trabalha na promoção de melhores condições de vida e de futuro para as crianças: “aquilo que considero mais importante e fundamental é que a promoção dos direitos das crianças e a sua proteção exigem um compromisso, um compromisso grande não só do legislador e do Governo, mas de todos nós enquanto sociedade”.

Uma última nota para as palavras do Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa não pôde estar presente, mas enviou uma mensagem: “um país que não olha, não cuida, não trata das suas crianças com a dignidade que merecem, é um país sem futuro. Acredito nas nossas crianças e na capacidade do nosso país em aproveitar todo o seu potencial de capital humano, acredito que conseguiremos criar as condições necessárias para que a sociedade portuguesa realize o seu desígnio de futuro”.

A Abrigo – Associação Portuguesa de Apoio à Criança” é uma instituição particular de solidariedade social com utilidade pública, que tem como objetivo principal a criação e manutenção de um Centro de Acolhimento Temporário para Crianças em Risco. O Montijo é a cidade sede da Abrigo e a Câmara Municipal do Montijo já cedeu um terreno à instituição para a construção do Centro de Acolhimento Temporário.

por classmontijo

Canha com Atelier de Informática

A Academia Sénior de Pegões e Canha abriu, no dia 2 de maio, um novo atelier de informática, nas instalações do polo da Biblioteca de Canha. O atelier vai funcionar duas vezes por semana, tem 20 alunos inscritos (número máximo permitido) e já tem lista de espera.

 O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, a vereadora Maria Clara Silva, responsável pelo pelouro da Ação Social e Solidariedade, e o presidente da Junta de Freguesia de Canha, Armando Piteira, estiveram presentes na abertura do atelier.

“Gostaríamos de separar a Academia Sénior de Pegões e Canha e constituir uma Academia em Canha. Este é o primeiro passo desse projeto. Hoje em dia, a informática é uma ferramenta muito importante para sermos cidadãos mais ativos”, afirmou Nuno Canta, relembrando que a Academia Sénior é um “grande projeto de solidariedade, de cultura e de aprendizagem”.

O presidente da Junta de Freguesia de Canha, Armando Piteira, referiu a boa adesão dos seus fregueses a este novo projeto: “o atelier tem lista de espera e vamos tentar reforçar os equipamentos para corresponder às expetativas. Espero que usufruam das aulas”.

A Academia Sénior é uma das áreas chave do Projeto Junto de Si cujo principal objetivo é criar, dinamizar e organizar atividades culturais, recreativas, de convívio e de aprendizagem sobre diferentes temas, através de um modelo de formação não formal, dirigidas aos seniores do concelho.

por classmontijo

Academia Sénior festeja V aniversário

A Academia Sénior de Pegões e Canha do Projeto Junto de Si comemorou cinco anos de aprendizagem, amizade, partilha, encontros, afectos e alegria. Muitos foram os alunos e amigos que marcaram presença na festa da academia Sénior de Pegões e Canha do Projeto Junto de Si, realizada no dia 28 de abril, na Sociedade Recreativa de Pegões Velhos.

 A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, de João Martins, presidente da Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo, de António Miguens, presidente da União de Freguesias de Pegões, e de Armando Piteira, presidente da freguesia de Canha.

“Saúdo todos os alunos, professores e funcionários, que ao longo destes cinco anos contribuíram para engradecer a academia sénior de Pegões e Canha, assim como a moldura humana aqui presente”, referiu o presidente perante a plateia cheia.

Nuno Canta frisou que a Academia permite que “os idosos participem mais na vida da sua comunidade, das suas freguesias e garante a todos eles os direitos de cidadania”, pelo que a autarquia vai continuar o trabalho desenvolvido e orientado para “a qualidade de vida dos nossos idosos, para o combate ao isolamento dos nossos idosos, para o acesso dos mais velhos a uma educação ao longo da vida, e para a solidariedade entre gerações”.

Professores e colaboradores voluntários da academia falaram das suas experiências e foi apresentado um vídeo retrospectivo das actividades desenvolvidas em 2016.

A música esteve a cargo da Tuna da Universidade Sénior de Montemor-o-Novo e do Coro da Academia Sénior da Atalaia e Alto-Estanqueiro Jardia.

Recorde-se, que a Academia Sénior é uma das áreas chave do Projeto Junto de Si, financiado pelo PRODER e cujo principal objetivo é criar, dinamizar, e organizar atividades culturais, recreativas, de convívio e de aprendizagem sobre diferentes temas, através de um modelo de formação não formal.

por classmontijo

Entrega de habitações sociais na Caneira

A Câmara Municipal do Montijo procedeu à entrega de seis habitações sociais, no passado dia 24 de Abril, no espaço kont@rte na Caneira. A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, do vice-presidente Francisco dos Santos e da vereadora Maria Clara Silva.

 O presidente da Câmara Municipal do Montijo entregou em mãos as chaves das suas novas habitações, referindo ser “a concretização de um sonho a Câmara Municipal poder atribuir uma casa a quem dela necessita, mas também para quem recebe a habitação, que irá permitir ter uma vida com mais qualidade”

“Montijo nunca será uma sociedade moderna capaz de se desenvolver e ter progresso sem conseguir que os seus cidadãos tenham a mesma igualdade de oportunidades”, referiu o autarca ao sublinhar a importância de praticar este ato “num mês em que se comemora o 25 de Abril, uma data em que recordamos os valores da liberdade, igualdade e solidariedade, valores que queremos passar e que nunca estão adquiridos, temos sempre de conquistar e lutar por eles”.

No âmbito desta cerimónia foram, também, entregues as chaves de partes comuns de três prédios no Bairro da Caneira, que estavam degradadas e foram alvo de intervenção por parte da autarquia.

Esta foi a terceira e ultima fase da entrega de habitações sociais do concurso que decorreu entre Abril e Julho de 2016. No total, a Câmara Municipal do Montijo procedeu à entrega de dez habitações sociais, localizadas no Afonsoeiro, na Lançada e no Bairro da Caneira.

As habitações agora atribuídas, juntam-se a outros 52 fogos atribuídos no decurso do atual mandato autárquico (desde 2013), no âmbito da política municipal de solidariedade, de combate à pobreza e exclusão social, através da promoção do acesso à habitação, promovendo a autonomização de pessoas e famílias carenciadas ou dependentes.

por classmontijo

KONT@RTE de Portas Abertas

Entre 8 e 11 de abril, o projeto KONT@RTE – E6G vai participar na iniciativa Escolhas de Portas Abertas 2017, promovida a nível nacional pelo Programa Escolhas. A abertura do evento, no dia 8 de abril, às 10h30, na Praça da República, vai contar com as presenças da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, e do Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado.

 A iniciativa Escolhas de Portas Abertas 2017 tem como principal objetivo a divulgação dos projetos a nível local e do próprio Programa Escolhas, ao nível nacional.

No Montijo, o projeto KONT@RTE – E6G, implementado no Bairro da Caneira no triénio 2016/2018, vai promover um conjunto de iniciativas abertas à comunidade, a instituições locais, líderes e decisores políticos locais e regionais, através de eventos inovadores com visibilidade para o trabalho desenvolvido pelo projeto.

Assim, no dia 8 de abril, durante a manhã, na Praça da República, vai decorrer uma mostra de atividades desportivas e artísticas dinamizadas no âmbito do projeto.

No dia 10 de abril, às 15h00, as crianças e jovens do projeto vão ser recebidas no Salão Nobre dos Paços do Concelho pelo presidente da Câmara Municipal do Montijo, para uma conversa com o presidente e a apresentação de uma carta sobre a vivência do Bairro da Caneira. De seguida, no átrio dos Paços do Concelho será inaugurada uma exposição de fotografia alusiva às atividades do projeto.

Para finalizar, no dia 11 de abril, no Bairro da Caneira, das 10h00 às 17h00 será realizada a pintura de um mural dedicado ao tema “Liberdade, Respeito e Comunidade”.

O projeto KONT@RTE– E6G é promovido localmente pela Câmara Municipal do Montijo e gerido pela Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo, contando com a parceria formal do Agrupamento de Escolas de Montijo, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Montijo, ACES Arco Ribeirinho, Florineve, Polícia de Segurança Pública Montijo e Instituto Português do Desporto e da Juventude. Tem como principal finalidade contribuir para o desenvolvimento, integração e autonomia das crianças e jovens do Bairro da Caneira, apostando no desenvolvimento de competências ao nível psicossocial e educacional.

por classmontijo

Programa de Celebração ou Alargamento de acordos de Cooperação para o Desenvolvimento de Respostas Sociais (PROCOOP)

No âmbito da Reunião Plenária Inter-Plataformas de PSCPS e PSCAL, realizada no passado dia 20 de março, a senhora Vogal do Conselho Diretivo do ISS,IP, Sofia Borges Pereira, realizou uma apresentação sobre o Programa de Celebração ou Alargamento de Acordos de Cooperação para o Desenvolvimento de Respostas Sociais (PROCOOP).

 

click na imagem para ver apresentação

por classmontijo

Projeto Roda Livre 3G de portas abertas

No dia 18 de março, o Centro Cívico do Esteval recebeu a festa de inauguração do projeto Roda Livre 3G – Contrato Local de Desenvolvimento Social, projeto promovido pela Câmara Municipal do Montijo e executado pelo Centro Social de São Pedro do Afonsoeiro e pela Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo.

 O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, esteve presente e recordou que o projeto Roda Livre 3G “é uma resposta social que pretende promover a integração dos montijenses, combater a pobreza e, também, criar desenvolvimento social. Há que exprimir a solidariedade onde ela é mais essencial, nestes bairros críticos, para dar força a todos aqueles que, nas várias frentes, desde o combate à pobreza e exclusão social à criação de emprego, fortalecem o desenvolvimento do Montijo”.

Carla Pereira, presidente do Centro Social de São Pedro, entidade coordenadora e executora do projeto, afirmou que o Roda Livre está ao serviço do Montijo, em particular da população do Bairro do Esteval.

O presidente da Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo, João Martins, focou a sua intervenção no importante papel que o Roda Livre 3G assume junto das crianças e jovens com o objetivo de capacitá-los para o futuro.

A festa de inauguração do projeto Roda Livre 3 G contou com as atuações da Banda da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro e da Orquestra de Percussão Batucando e com animação de rua pela Associação Gil Teatro.

Esta é a 3.ª Geração do projeto Roda Livre – Contrato Local de Desenvolvimento Social que está a ser implementado desde dezembro de 2016 e até novembro de 2019, com o objetivo de promover a inclusão social dos cidadãos nas suas mais diversas dimensões e combater a pobreza persistente, em particular a infantil, no concelho do Montijo.

por classmontijo

Sala Multiusos inaugura no Saldanha com Luís Sequeira

No dia 24 de Março terá lugar a inauguração da Sala Multiusos da Universidade Sénior do Montijo, na Casa Senhorial da Quinta do Saldanha, pelas 16h30. A nova sala será palco de um Concerto Entre Gerações, com Luís Sequeira.

 A cerimónia contará com as intervenções do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e de um representante da Comissão Representativa de Alunos e Professores da Universidade Sénior do Montijo.

Do programa consta, ainda, a inauguração da exposição de pintura, uma mostra dos trabalhos, realizados pelos alunos da universidade.

A Universidade Sénior do Montijo nasceu em 2006. Situada na Casa Senhorial – Quinta do Saldanha, dirige-se a pessoas com 50 e mais anos, mantendo-as ativas e interessadas por diversas áreas de estudo e saber, incrementando a sua autoestima e gosto pela aprendizagem ao longo da vida. Para além do calendário letivo, a Universidade Sénior do Montijo promove também várias atividades extracurriculares.

por classmontijo

Montijo candidata-se ao POAMPC

O Município do Montijo, através do Conselho Local de Acção Social e Saúde, vai candidatar-se ao Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas (POAMPC). Esta candidatura vai efetivar-se até ao dia 23 de marco, e encontra-se a ser trabalhada por algumas das instituições que compõem a Rede de Apoio Alimentar.
Apoiar os dispositivos nacionais que, através de organizações parceiras, distribuem géneros alimentares e /ou prestam assistência material de base é o âmbito de intervenção do Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas (POAMPC).

A candidatura em questão vai auxiliar 443 pessoas com evidentes carências alimentares do território de Montijo e Alcochete (com possível majoração de 10%, podendo chegar aos 486 destinatários), sendo o seu prazo de execução de Junho de 2017 a Agosto de 2019.

O programa contempla a distribuição de produtos alimentares secos, frios e congelados, de forma sistemática e de acordo com as necessidades das famílias carenciadas.

Da Rede de Apoio Alimentar do Montijo entram para esta candidatura, como entidades mediadoras, o Centro de Convívio de Reformados, Pensionistas e Idosos de Montijo, a Associação Caminho do Bem Fazer, a Santa Casa da Misericórdia de Canha e a Associação para a Formação Profissional do Montijo a Caritas Paroquial Nossa Senhora da Atalaia, sendo a entidade coordenadora o Banco Alimentar.

O POAMPC foi um dos temas de destaque da reunião do CLASS, no passado dia 8 de março, que contou com a presença de Natividade Coelho, Diretora do Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal e de Maria Clara Silva, presidente do Conselho Local de Acção Social e Saúde, e Vereadora da Câmara Municipal do Montijo.

Em prol do bem-estar e da melhoria da qualidade de vida das pessoas mais carenciadas do município, a Câmara Municipal do Montijo esteve fortemente empenhada, junto dos parceiros, em estimular a apresentação desta candidatura.

Recorde-se, que a Rede de Apoio Alimentar do Montijo é reconhecida como boa pratica a nível distrital, sendo este programa apenas uma das formas de promoção deste apoio no concelho.

por classmontijo

Mural Coletivo homenageia a Mulher

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher foi realizada uma pintura de um mural coletivo dedicado ao tema “O lugar da mulher é onde ela quiser”. O trabalho realizado no dia 10 de março pode ser agora apreciado, por todos, na Escola Profissional do Montijo. O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e a vereadora Maria Clara Silva estiveram presentes na iniciativa.

 O mural foi realizado pelas crianças do projeto Kon@rte, pelos alunos da Escola profissional do Montijo, e ainda pelos alunos das academias Séniores, Universidade Sénior, assim como dos professores que dinamizam as disciplinas de artes nos projectos séniores, José Aguilar (Universidade Senior) e Marília Macedo (Academia Sénor de Pegões e Canha).

O jovem artista Pedro Peixoto foi o elo entre as três gerações, criando a imagem que deu origem à obra realizada com uma técnica mista de tinta plástica e grafitti.

Maria Clara Silva referiu a importância do trabalho realizado envolvendo diversas gerações, projectos e instituições “é da riqueza social que se constrói uma sociedade coesa e feliz, na ligação entre tecidos sociais.”

por classmontijo

Almoço do Dia Internacional da Mulher

A Academia Sénior de Pegões e Canha e o Atelier Sénior do Montijo comemoraram o Dia Internacional da Mulher, no passado dia 8 de março, com um animado almoço, no restaurante Moinho da Praia.

 O evento contou, ainda, com a presença de outras mulheres da comunidade, assim como da vereadora Maria Clara Silva que fez uma pequena contextualização sobre a importância do Dia Internacional da Mulher.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e o vereador Francisco Santos, também, compareceram para deixar uma palavra de saudação a todas as mulheres presentes.

O almoço contou com muita animação, momentos de poesia e, ainda, o sorteio de alguns presentes oferecidos pela Junta da União das Freguesias de Pegões e pelo comércio local, nomeadamente a Boutique Coisas Giras (Pegões), a Boutique Novo Charme (Pegões), a Farmácia Prates Cravidão (Pegões), a Farmácia de Canha, a Rute Azenha Cabeleireiros (Pegões), o Gabinete de Estética de Sónia Farrica (Pegões), o restaurante O Cantinho (Pegões) e Gabinete de Estética Ana e Vânia (Montijo).

por classmontijo

Câmara distingue mulheres da Escola Pública

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal do Montijo realizou, no dia 6 de março, uma cerimónia de distinção de 30 mulheres com papel de destaque no Panorama Educativo Municipal no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

 A cerimónia contou com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino. Foram homenageadas as diretoras de Agrupamentos de Escolas e Escolas não agrupadas, as coordenadoras de Escolas Básicas e as coordenadoras de Pré-escolares da Rede Pública e da Escola Profissional.

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, exaltou a importância da cerimónia, considerando que foi uma “homenagem ao papel das mulheres, ao seu profissionalismo, ao seu contributo para o progresso do Montijo”, onde se pretendeu também “dar maior visibilidade ao trabalho de todos os dias e ao trabalho de sucesso das mulheres na escola pública”.

O autarca acentuou que as mulheres distinguidas são uma “ referência na vida educativa montijense, todas elas, responsáveis por projectos educativos decisivos para resolver os problemas da desigualdade e também para o futuro do Montijo”.

Continuar a ler

por classmontijo